Microagulhamento: Cuidados pré e pós

Cuidados antes do microagulhamento e após a sessão são importante para obter os resultados positivos da técnica!

Porém, são necessários alguns cuidados essenciais de preparação da pele, de pós procedimento e principalmente no cuidado na aplicação da técnica, que deve ser realizada por um profissional capacitado.

A técnica consiste na punturação da pele, na qual é usado um equipamento com microagulhas de aço cirúrgico, que deve ter registro na ANVISA e ser descartado após cada aplicação.

As micropunturações estimulam a vasodilatação, aumentam a permeação de ativos e estimulam a síntese do colágeno, auxiliando em vários tratamentos. 

O tratamento certamente pode ser associado a outros recursos nos intervalos das sessões de microagulhamento, sendo essencial tratamentos de revitalização e hidratação neste período.

O cuidado vai desde a hora da decisão por microagulhar até a escolha de um programa de tratamento específico para cada cliente, além dos cuidados com a biossegurança.

É importante lembrar que equipamento ilegal ou mal utilizado compromete sua credibilidade profissional e, muito mais grave que isso, pode comprometer a saúde de seu cliente bem como o resultado esperado.

Cuidados antes do microagulhamento

Primeiramente, os cuidados necessários para microagulhar que devem iniciar 30 dias antes da aplicação:

  • Primeira sessão aplicação de protocolo de limpeza de pele profunda
  • Segunda sessão aplicação de hidratação profunda
  • Terceira sessão revitalização da pele com associação de ativos fundamentais como Vit. C, ácidos de baixa concentração, ativos normalizadores da pigmentação, sempre respeitando a queixa da cliente e necessidade da pele
  • Quarta sessão microagulhamento com uso de fator de crescimento

Lembrando que o uso dos produtos home care são indispensáveis já que os resultados dependem da preparação da pele.

Nos cuidados antes de iniciar as sessões de microagulhamento é importante realizar limpeza, tonificação e proteção solar pois estes cuidados fazem parte do tratamento e devem ser usados diariamente pelo cliente, associando cosméticos hidratantes com fatores de crescimento, vitamina C, clareadores, produtos adequados ao biotipo e fototipo de pele e, claro, a finalização com fator de proteção solar.

Esses cuidados diários fazem com a pele esteja hidratada e nutrida melhorando assim a eficácia da técnica. E não esqueça é preciso interromper o uso de qualquer ácido na pele entre 72 e 48 horas antes de se submeter ao procedimento.

Sugestões de produtos para associar ao microagulhamento

Conheça nossas sugestões de produtos para uso em casa para associar ao seu tratamento:

Em adicional preparamos um vídeo do protocolo de aplicação do microagulhamento.

Cuidados após o microagulhamento

Após a realização da técnica, a pele pode apresentar  leve descamação, vermelhidão, ardor e um leve edema, além de sensibilidade ao frio, calor e principalmente ao sol. Indicamos água termal para atenuar os sintomas.

Não é recomendado o uso de nenhum FPS por até 12h após ter realizado o microagulhamento. Após esse período o fotoprotetor é obrigatório.

Evite exposição solar nos primeiros 30 á 45 dias e sempre usar filtro solar adequado a pele, se puder use com cor para potencializar a proteção, lembrando de reaplicar o fotoprotetor conforme a recomendação na embalagem do produto..

Entre todos esses cuidados, vale salientar que hidratação é a chave de tudo! Precisamos beber água, pois é essencial para mantermos a pele saudável e potencializar o resultado de qualquer tratamento estético.

Não esqueça também de que qualquer cliente deve se submeter a uma cuidadosa ficha de anamnese, onde essa determinará se é viável a aplicação da técnica ou não.

Lembrando sempre que na gestação não é indicado nenhum tipo de tratamento sem autorização prévia de seu médico.

Pele na menopausa: o que acontece e como melhorar a pele do rosto e do corpo

A pele na menopausa passa por algumas mudanças.

ciclo hormonal

Assim como já aconteceu em outras fases da vida da mulher, graças às alterações hormonais. 

Lembra-se da adolescência, época em que o aumento da oleosidade e o aparecimento das acnes eram bem comuns? Naquela época, essas alterações resultavam  do aumento da produção de hormônios. 

Diferentemente da juventude, na menopausa ocorre a diminuição gradativa dos hormônios estrógeno e progesterona, diminuindo também a produção de fibras de elastina e colágeno.

variação hormonal na menopausa

Como resultado, nota-se o aumento da flacidez e das rugas. Além disso, a pele fica mais fina, frágil e ressecada.

Somadas a essas alterações hormonais, outras reações normais decorrentes do envelhecimento acontecem, já que as células estão mais cansadas do que quando eram mais jovens. Com isso, as funções normais das células diminuem, e começam a aparecer os sinais de envelhecimento da pele. 

O que acontece com a pele na menopausa?

Após a menopausa, o colágeno na pele passa por uma diminuição significativa, e por isso os sinais de envelhecimento começam a ficar mais evidentes. Analogamente outras alterações da pele na menopausa são:

  • Desidratação e ressecamento de toda a pele do corpo, o que pode até causar descamação
  • Presença de lesões senis, ou seja, aparecimento de manchas acastanhadas na pele, geralmente em regiões mais expostas ao sol como, por exemplo, mãos, braços, rosto, pescoço e colo. 
  • Afinamento e diminuição da elasticidade da pele
  • Nos antebraços, o afinamento da pele pode aparecer associado a manchas roxas e até feridas
  • Presença de telangiectasias, que são aqueles vasos muito finos que aparecem na pele.
  • Na fase inicial da menopausa, o rosto pode ficar mais oleoso e sujeito à acne devido às variações hormonais e às adaptações do corpo. 
  • Pelos grossos sob o queixo e nas laterais da face também são uma característica da menopausa. 
mulher falando com o médico

Muitas mulheres optam pela reposição hormonal como tratamento, mas é preciso conversar com o médico especialista.

Por outro lado, o tratamento da pele pode ser discutido com um profissional da estética capacitado, o qual tem a habilidade de avaliar caso a caso e recomendar os melhores cosméticos para o tratamento. 

O que fazer para melhorar a pele na menopausa?

Primeiramente, o uso de cosméticos diários e o tratamento com um profissional especialista podem auxiliar e amenizar os sintomas citados. 

Mas aqui neste post reunimos algumas dicas e cuidados essenciais para você fazer em casa e manter a pele saudável neste período de intensas transformações: 

– Higienização com produtos que possuam ingredientes vegetais e que preservem a barreira da pele, não causando nenhum tipo de agressão.

– Realizar a hidratação de manhã e à noite é fundamental para manter a pele saudável e diminuir os efeitos do envelhecimento. Dessa forma, busque produtos que façam a reposição dos lipídios, colágeno, vitaminas, fator de crescimento e ácido hialurônico, componentes esses que têm a sua produção diminuída com a menopausa.

– Proteja a pele das radiações solares com FPS 30 ou maior, pois o sol é a causa principal do envelhecimento precoce e do aparecimento de manchas na pele. 

Todos esses cuidados são tanto para a pele do rosto como do corpo. Assim, separamos abaixo algumas indicações de produtos com base na área de aplicação que ajudam a amenizar os desconfortos na pele durante a menopausa.

Diminuindo o envelhecimento e o ressecamento do rosto na menopausa

Como mencionamos anteriormente, limpar a pele com produtos mais suaves, hidratar com componentes deficientes da pele e proteger do sol são os 3 passos básicos para manter a pele bonita na menopausa. 

Veja nossa seleção de produtos para rosto:

1. Para limpar a pele

Antes de mais nada, use o Sabonete Dermopurificante pela manhã e à noite: esse sabonete limpa a pele e previne a desidratação e o ressecamento. Indicado para peles normais, sensíveis, ressecadas ou fragilizadas, o sabonete devolve a hidratação natural da pele, deixando-a com a aparência saudável.

2. Suplementação da pele

Para aumentar ainda mais os cuidados com a pele, é muito importante usar o Sérum Vit C.

vitamina C para suplemento da pele na menopausa

Esse sérum possui um blend poderoso de antioxidantes que impedem a formação de radicais livres que aceleram o envelhecimento. Além disso, a vitamina C uniformiza a pele, diminuindo as manchas da idade e deixando a pele mais iluminada. Você pode aplicar a vitamina C depois de limpar a pele. 

3. Hidratação e recuperação da pele

Para deixar a pele linda, sem desconforto com o ressecamento, a nossa indicação é o Creme Anti-idade Reverse. Ideal para peles maduras, o creme hidrata profundamente, revertendo os sinais do envelhecimento e aumentando a elasticidade e a firmeza. Além disso, recupera a barreira de proteção da pele, reduz rugas e linhas de expressão e estimula a produção de colágeno e de ácido hialurônico. A indicação de uso é pela manhã e à noite.

4. Proteção solar

Por fim, um produto indispensável para uma pele saudável. O protetor impede a ação danosa dos raios solares, e sua indicação de uso é logo pela manhã, sendo necessário reaplicar durante o dia. 

Um protetor bem completo é o Tonalizante Clareador, que, além de proteger do sol, ajuda no clareamento das manchas e na redução dos sinais da idade. Além disso, a sua tonalidade universal se adapta aos diferentes tons de pele, deixando bem natural e realçando a sua real beleza.

Diminuindo o ressecamento e a flacidez da pele do corpo na menopausa

Para o corpo, o essencial é a hidratação, a reposição de ômegas, de ácido hialurônico e a reestruturação da pele. 

hidratação para a pele na menopausa

Para regiões como braços e pernas, a melhor opção é o creme hidratante Ômega 7, que fornece de forma adequada componentes lipídicos que a pele não produz mais. Você pode usar e abusar desse creme, que tem um cheiro delicioso.

Para ir um pouco além da hidratação e já tratar também a flacidez, use o Creme Firmante com colágeno, elastina e DMAE. Combine com o Ômega 7, usando pela manhã um e à noite o outro 😉

creme hidratante de mãos

Já em regiões como as mãos, que estão expostas de forma mais direta às alterações climáticas e ao uso de produtos de limpeza como detergentes, o indicado é aplicar o creme de mãos. E para não faltar, a hidratação dos pés ressecados é com o Amolié. 

Gostou deste conteúdo e das dicas? Compartilhe com sua amiga que também está passando por essa fase de mudanças 😉