Arquivo da tag: ácido hialurônico

Ácido hialurônico: o que é e por que usar

O ácido hialurônico tem se tornando cada vez mais conhecido e comentado quando se fala em tratamentos de beleza. Está presente em cosméticos anti-idade e hidratantes, sendo utilizado também por médicos para preenchimento. 

Mas você sabe exatamente o que é o ácido hialurônico, por que se usa esse ativo e o que ele faz na pele? Neste post, vamos explicar tudinho.

O que é e para que serve o ácido hialurônico

O ácido hialurônico é uma substância que já está presente na nossa pele naturalmente e que participa de vários processos importantes: 

  • Hidrata
  • Estimula as células de defesa
  • Acelera a renovação celular
  • Estimula a produção de fibras de colágeno e elastina
  • Auxilia no preenchimento dos espaços entre uma célula e outra

Por isso, o ácido hialurônico ficou muito famoso nos cosméticos, pois dá volume à pele e diminui os sinais da idade como linhas de expressão e rugas.

Ele está presente de forma natural na epiderme, mas principalmente na derme. Se você quiser entender o que são essas camadas e suas funções, veja como a pele funciona neste link

O ácido hialurônico é importante nessas duas camadas porque possui uma estrutura capaz de armazenar água em forma gel, inchando e aumentando o seu volume. Por isso, é um dos principais componentes de preenchimento da derme, dando volume à pele e auxiliando na sustentação e na elasticidade. 

Na epiderme, camada mais superficial, o ácido hialurônico encontra-se entre uma célula e outra, promovendo também o preenchimento e a hidratação. 

Veja na imagem onde o ácido hialurônico encontra-se na pele. 

Ácido hialurônico na pele
Ácido hialurônico na pele

Se a nossa pele já produz, por que usar produtos que contenham esse ativo?

O ácido hialurônico é produzido na pele por uma célula chamada fibroblasto, a mesma que produz colágeno e elastina. 

Com o processo natural de envelhecimento, os fibroblastos vão ficando cansados e começam a produzir cada vez menos ácido hialurônico (que hidrata e dá volume), assim como o colágeno e a elastina (que dão sustentação à pele). Por isso, quando envelhecemos as rugas e a flacidez vão aparecendo. 

Para tentar reverter esse processo ou até evitar que as rugas fiquem cada vez mais profundas, o ácido hialurônico começou a ser usado em produtos que  passamos na pele. Dessa forma, repomos esse ácido hialurônico que a pele não produz mais em quantidade suficiente. 

Ao repor o ácido hialurônico (AH) com dermocosméticos, voltamos, na verdade, a dar volume à pele embaixo das rugas e linhas de expressão. Assim, esses sinais ficam menos evidentes, pois o espaço foi preenchido por essa substância. Você pode ver como isso acontece nas imagens abaixo*:
*Imagem retirada de folhetos de informe de ativos de propriedade da Basf

Rugas aparentes com ácido hialurônico sendo reposto.
Rugas aparentes com AH sendo reposto.
Imagem de preenchimento da rugas pelo Ácido hialurônico.
Imagem de preenchimento da ruga pelo AH.

Por que devo usar o ácido hialurônico

Em primeiro lugar, porque é uma substância que já faz parte da nossa pele. Ou seja, é algo de que a nossa pele precisa e que faz bem a ela. 

Em segundo lugar, porque é uma substância que participa de diversas reações que acontecem na pele como, por exemplo:

  • Fornece a hidratação necessária para manter a pele jovem e protegida dos agentes externos. 
  • Estimula o processo de renovação da pele com o “nascimento” de novas células saudáveis.
  • Auxilia na sustentação da pele e por isso evita o aparecimento de rugas.
  • Preenche e dá volume, assim a pele não fica fragilizada e fina.
  • Auxilia na regeneração e na cicatrização, participando do processo de defesa da pele, pois quando se tem um invasor ou uma ameaça à saúde da pele, AH é capaz de acionar as células de defesa para combater aquele perigo no local. 
  • Estimula a produção de colágeno e elastina por estimular o fibroblasto, mesma célula que produz o ácido hialurônico.

Quais as diferenças entre os tipos de ácido hialurônico dos cosméticos

Bom, esse assunto é um pouco mais complexo, mas vamos tentar esclarecer de uma forma simples. 

Os ácidos hialurônicos (AH) são basicamente de alto, médio ou baixo peso molecular. Ou seja, essa denominação representa o tamanho da molécula. Conforme esse tamanho, as funções dessa substância são diferentes.

O fato é que quanto menor o tamanho da molécula, maior a penetração na pele. Veja na imagem os diferentes tipos de AH e onde pode agir na pele.

Diferentes tipos de ácido hialurônico e onde agem na pele
Diferentes tipos de AH e onde agem na pele

Assim, o AH de alto peso molecular vai agir mais na superfície da pele, promovendo a proteção e a hidratação das camadas superficiais.

À medida que essa molécula é menor, como o AH de baixo peso molecular, consegue atravessar a nossa barreira de proteção natural. Dessa forma, o AH age como um preenchedor ou acelerador do processo de renovação e produção de colágeno e elastina. 

Outra diferenciação desses ingredientes ativos nos cosméticos é a tecnologia. O AH pode estar ligado a outras moléculas que são reconhecidas pela pele, como é o caso do silício, e assim facilita a entrada desse ingrediente nas camadas mais profundas. Outra forma interessante e que possibilita preenchimento e volume é o AH nanoencapsulado, quando o ativo é liberado no local em que se deseja o preenchimento. 

Quando usar

A produção do ácido hialurônico natural começa a diminuir entre os 18 e 25 anos. Portanto, a partir dessa idade já é interessante usar produtos que façam a reposição desse ativo na pele diariamente.

Ah, esse ativo causa algumas dúvidas, como, por exemplo, se pode usa-lo no verão, durante o dia ou ainda se mancha a pele. Mas podem ficar tranquilas, porque apesar de o nome conter o termo “ácido”, o ativo não tem nada a ver com aqueles ácidos que mancham ou descamam a pele. Assim, é possível usa-lo todos os dias, durante o ano inteiro, pela manhã e à noite. 

Mas claro que durante o dia é necessário usar protetor solar, não pelo ácido hialurônico, mas sim pelos malefícios das radiações solares na pele.

Quais produtos possuem ácido hialurônico

A Extratos da Terra possui alguns produtos para uso profissional e para uso em casa com ácido hialurônico. Vamos falar hoje dos produtos para uso em casa. Veja algumas opções:

Creme anti-idade Prevent: creme hidratante que previne os primeiros sinais da idade. Ele possui o ácido hialurônico para prevenção, repondo o ativo quando a nossa pele começa a diminuir sua produção natural, entre os 18 e 25 anos.

Creme anti-idade Reverse: creme hidratante concentrado para peles mais maduras, cujos sinais da idade já são mais aparentes, com rugas e flacidez bem visíveis. 

Sérum Preenchedor e Firmador: indicado para uso pontual onde se deseja dar volume à pele, como, por exemplo, nas rugas mais profundas. O ácido hialurônico presente neste produto vai fazer o preenchimento abaixo da ruga, diminuindo a depressão da pele nesse local e deixando-a mais lisa e preenchida.

Máscara Rejuvenescedora: é uma máscara potencializadora que entrega uma dose extra de ácido hialurônico para a sua pele. Ela é indicada para uso duas vezes na semana. 

Gostou deste conteúdo? Agora você consegue entender o que é ácido hialurônico? Deixe seu comentário aqui 😉

Dicas da Extratos: ativos indispensáveis para as peles de 30 anos

A maturidade já chegou, você ultrapassou os períodos mais conturbados da jovialidade, está formada, mais responsável e sentindo levemente os efeitos do tempo. Você alcançou os 30 e poucos anos sem grandes problemas, cuida da pele razoavelmente bem, usa filtro solar na praia mas tem medo do envelhecimento precoce, certo?

Essa é uma fase decisiva para exterminar os incômodos e nós sabemos que você deseja amadurecer com uma pele linda, jovem e iluminada! Por isso, aqui vão algumas dicas que irão ajudá-la a definir os produtos essenciais e indispensáveis para cuidar da pele de 30 e poucos anos.

Os ingredientes certos serão seus maiores aliados. Alguns princípios ativos funcionam muito bem para a pele que não é nem tão jovem, nem tão madura, como a sua. Para começar, tenha uma palavra sempre em mente: prevenção. Se você não foi tão didática até aqui, chegou a hora de prestar mais atenção aos sinais que a idade traz e cuidar do seu bem mais precioso.

Invista nos ativos que mais têm a ver com o seu tipo de pele e sua hereditariedade:

1) Tonicidade e fortalecimento: Com auxílio da tecnologia, hoje em dia é possível repor o que perdemos com os cosméticos. Para evitar a formação de rugas e melhorar o aspecto das bolsas abaixo dos olhos, séruns e tensores que combatem a perda de elasticidade facial são os mais indicados.

Recomendamos: Dermosoft Day Sérum Tensor Facial – um produto multifuncional que reduz as linhas e marcas de expressão acentuadas pelos movimento faciais repetitivos e pelo avanço da idade. Com função tensora, diminui as rugas e os sinais de envelhecimento e devolve a elasticidade natural da pele.

2) Proteção antioxidante: Não cansamos de repetir: proteção solar é indispensável em qualquer idade e item básico da nécessaire. Mas o tipo de protetor solar que você deve usar é determinante para conseguir os melhores resultados. Os ideais são os filtros que contêm agentes antioxidades – e que, além de proteger, combatem os radicais livres e agentes externos.

Recomendamos: Dermosoft Protect Fotoprotetor Facial – muito mais que um protetor solar. Além de hidratar, proteger do sol e livrar seu rosto dos danos causados pelos raios UVA e UVB, radicais livres e agentes como vento, poluição e luz ambiente, ainda previne contra o fotoenvelhecimento.

3) Rejuvenescimento e hidratação: Você já deve ter ouvido que a vitamina C é indispensável para a saúde. Pois saiba que ela também é essencial para a pele. A vitamina C é o ativo mais eficiente para hidratar a pele, tratar as linhas de expressão e evitar danos futuros. Fluidos e hidratantes com essa vitamina estimulam a proliferação celular no tecido cutâneo, o que promove o rejuvenescimento.

Recomendamos: Dermosoft Revitalize Dermo Vit C – um creme para usar diariamente e evitar o desgaste da pele, assim como para prevenir e atenuar os sinais de envelhecimento. É composto por potentes antioxidantes de longa hidratação, como a vitamina C, resveratrol, extratos de Ferula foetida, ácidos gálico e elágico, além das vitaminas A e E.

4) Reparação e preenchimento: Aos 30 anos, o ácido hialurônico começa a diminuir sua produção natural na nossa pele, e por isso é bom repô-lo. Ele funciona como uma espécie de cola entre as células, dando firmeza e elasticidade aos tecidos. Para melhorar a textura e preencher rugas finas, comece a investir em cremes anti-idade que contenham esse ativo.

Recomendamos: Dermosoft Day Prevent Creme Anti-Idade Facial – uma combinação de fatores vetorizados que estimulam o silício biologicamente ativo para reposição de nutrientes e reparação dos efeitos causados pela idade. Um produto com função 2 em 1 (dia e noite): protege e prepara a pele para o dia e para a noite.

5) Elasticidade celular: Outro fator necessário de reposição é o colágeno, uma proteína essencial ao organismo – pele, cabelos e músculos. O colágeno é responsável pela formação da maioria dos tecidos, portanto, para manter uma pele elástica, sem rugas e olheiras e com viço, contamos com dermocosméticos ativos que entram em ação.

Recomendamos: Dermosoft Day Creme para a Área dos Olhos – com colágeno marinho altamente concentrado, que restaura profundamente a pele e devolve seu aspecto saudável. Possui textura fina e de rápida absorção para combater olheiras, bolsas e inchaços, amenizando o cansaço e devolvendo luz e jovialidade à região das pálpebras superiores e inferiores.
Curtiu as dicas? 😀 Agora delicie-se no nosso site (www.extratosdaterra.com.br) e cuide bem de VOCÊ MESMA!